A Randon Implementos, através do seu distribuidor Compasi, em Santa Catarina, estará na ExpoFemi 2018  (Festa Estadual do Milho) a ser realizada de 28 de abril a 6 de maio, no Parque de Exposições Rovilho Bortoluzzi, em Xanxerê (SC).

Ao mostrar sua linha produtos para o agronegócio, a Randon vai expor o Semirreboque Graneleiro Linha R com o painel lateral de Ecoplate, já consolidado com mais de 60 mil unidades comercializadas e mais de 1,2 milhões de painéis produzidos. Também apresentará o semirreboque Frigorífico Duralumínio Paleteiro, fabricado exclusivamente na unidade da Randon de Chapecó – SC, e uma Base de Contêiner que tem como grande diferencial a pintura Duratech, processo exclusivo no mercado brasileiro, mais a carroceria Furgão Carga Geral.

A Compasi Implementos Rodoviários, de Xanxerê (SC), é distribuidor de produtos e peças e também dá assistência técnica da Randon desde 2017 para as regiões do Oeste e do Planalto catarinenses.          

Em sua 18ª edição, a ExpoFemi tornou-se a maior festa do município, com duração de 9 dias, e apresenta atrações culturais, venda de produtos e comidas típicas feitas à base de milho, principal produto agrícola da economia local.

  

fróes, berlato associadas

Coordenação/Porto Alegre: Gladis Berlato: gladis@froesberlato.com.br (51-3388.6848)
    Em Caxias do Sul:  Régis Vargas: 
regis.vargas@randon.com.br (54-3239.4314)

                     Em São Paulo: Mecânica de Comunicação: meccanica@meccanica.com.br (11-3259.1719)

 
A Randon S.A. Implementos e Participações promove a marca durante a 11º Santa Rosa Truck Show, de 26 a 28 de outubro, na Àrea de Exposições Santa Rosa (Rod. BR-101, Km 116), em Itajaí/SC, num grande polo logístico da região Sul. Através da Rodan, distribuidor local, a Randon expõe o Semirreboque Sider 15,10m 1+1+1 suspensão pneumática.
 
O Semirreboque Sider Randon é fruto de uma série de agregados tecnológicos que garantem à caixa de carga um melhor aspecto visual, facilidade operacional e melhorias no acabamento. Entre os diferenciais dos produtos Linha R destacam-se o Módulo Integrado Traseiro - com um design, moderno e arrojado que confere uma identidade exclusiva aos produtos Randon. A instalação elétrica, totalmente em LED, de série, proporciona maior vida útil e muito mais segurança no trânsito. O balancim reforçado, o apara-barro antispray e a caixa de rancho isotérmica (opcional), são outros diferenciais da Linha R que trouxeram mais produtividade e eficiência aos produtos Randon.
   
A feira de negócios, promovida pela Revista Caminhoneiro, servirá para as empresas apresentarem as novidades em produtos e serviços voltados ao setor de cargas, além da apresentação de palestras, treinamentos e shows, ações de saúde e test drive dos mais recentes caminhões lançados no mercado.

 

Em comemoração aos 10 anos do Programa Florescer, o Instituto Elisabetha Randon realiza duas apresentações do espetáculo Sou Sol Girassol - uma trajetória pela Arte, nos dias 30 e 31 de outubro, às 20 horas, no UCS Teatro, na Cidade Universitária, com entrada franca.
Sou Sol Girassol - uma trajetória pela Arte tem como ponto de partida a história de duas crianças que através de suas brincadeiras e descobertas transformaram seus sonhos em realidade.
 
Fazendo alusão ao passado, chega até os nossos dias, apresentando de forma lúdica, questões sobre o meio ambiente, a tecnologia, a cultura, os sonhos e sobre as possibilidades de um mundo melhor.  Através de um espetáculo multimídia envolvendo projeção de imagens e músicas ao vivo (instrumental e vocal), executadas pelos beneficiários do Programa Florescer, a arte e o processo criativo compõem esta trajetória que busca a valorização do investimento na cidadania.

O espetáculo teatral é o resultado de um processo artístico desenvolvido pelos beneficiários e instrutores do Programa Florescer. O roteiro do espetáculo valoriza o trabalho de sala de aula e sublinha as diferentes oportunidades oferecidas pelo Programa Florescer. O Sou Sol Girassol ? uma trajetória pela Arte busca sensibilizar os envolvidos para a importância do processo de construção, compartilhamento e aprimoramento das ideias trabalhadas em grupo. Com a intenção de socializar essa experiência o espetáculo evidencia a constante reconstrução da vida. O projeto é realizado via Lei de Incentivo a Cultura do Ministério da Cultura (Lei Rouanet), patrocinado pelo Banco Safra.
 
Quando: Dias 30 e 31 de outubro
Hora: 20h
Onde: Teatro da UCS ? Cidade Universitária
Entrada franca
Contato:
Programa Florescer ? Fone: 3209-2665 ou com Carla Borba (Coordenadora do projeto Sou Sol Girassol) - Fone: 51. 9678 0713 ou
carlaborba.arte@gmail.com
Transformar a boleia numa sala de estudos é possível. O caminhoneiro consegue, mesmo viajando sempre, arrumar um jeito de estudar e seguir se qualificando. A experiência de Roberto Emerson de Pinho, 39 anos, no curso de segurança do trabalho, oferecido por Educação à Distância (EAD) no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF), mostra que, com dedicação, estudar e tirar o sustento da vida de estradeiro exige apenas vontade.

Natural de Itaperuna, no Rio de Janeiro, e atuando como motorista desde 1991, foram as palestras sobre segurança na empresa que despertaram o interesse do caminhoneiro pelo assunto, tema de debates recorrentes na profissão. Vislumbrando uma possibilidade de crescer na empresa em que trabalhava, ou mesmo em outras do setor, Pinho aventurou-se no curso. "Nas empresas ouvimos falar muito sobre segurança, há muitas palestras e cursos sobre o assunto, e vemos que estamos cercados por colegas sem qualificação. Percebi a necessidade das empresas e me motivei para passar de simples motorista para algo mais", conta.

Dividir a estrada com os livros, contudo, não foi tarefa fácil na vida de Pinho. Trabalhando com transporte rodoviário interestadual, o contato com os perigos das estradas eram diários, como se estivesse visualizando na prática alguns dos aprendizados do curso. "Chegava a estudar nos postos de gasolina, mas o grande problema para nós motoristas é a frequência. A oportunidade de fazer à distancia facilita muito, mas muitas vezes os dias de provas e aulas presenciais não coincidem com os dias em que você está na cidade", explica.

Pinho precisou trancar a matrícula. Um acidente o deixou com algumas sequelas, e ele está longe da direção e dos estudos até se recuperar. Uma greve na universidade também contribuiu, segundo ele. "Com certeza quero voltar, tranquei para não desperdiçar a oportunidade. Minha ideia é deixar a profissão de motorista para trás, para continuar em outro segmento, ou mesmo na área de transporte, mas em algo mais técnico", afirma.

Preparação para o vestibular entre as viagens

Outro exemplo de batalha pela qualificação vem de Balneário Camboriú, em Santa Catarina. O motorista Fábio Júnior Bueno, 29 anos, se prepara para prestar vestibular. "Eu não tinha terminado os estudos, agora fiz o terceirão e estou me preparando para o vestibular", revela. A intenção é conseguir alguma bolsa do governo ou um apoio na empresa onde trabalha.

Bueno ainda não decidiu a área que irá cursar, tem interesse em engenharia civil e arquitetura, mas ainda não tomou uma decisão, quer mesmo é se tornar um exemplo para a filha e outros motoristas. "Perdi muito tempo na vida quando era novo, larguei os estudos para trabalhar e ser independente, achei que o dinheiro era mais importante naquele momento. Hoje vejo o quanto eu perdi, espero evoluir para ter meu próprio negócio no futuro", sonha.

 

O diretor executivo das Empresas Randon, Norberto Fabris, faz uma avaliação bastante favorável da Fenatran 2011 que ele considera a melhor dentre todas as 18 edições anteriores. Isto se deve à visitação altamente dirigida ao público-alvo, que na Randon alcançou a média de 2.800 pessoas por dia, e ao arrojado nível de tecnologia apresentado pelos fabricantes, o que permite aos expositores receber seus clientes e estreitar ainda mais o relacionamento num ambiente propício para dar andamento ou iniciar negociações e até eventualmente fechar. Foi o caso da marca Randon que registrou negócios da ordem de R$ 100 milhões nos cinco dias do evento. O valor envolve tanto a comercialização dos equipamentos da Linha R apresentados na feira, como a aquisição de cotas de consórcio e os contratos de financiamento através do Banco Randon, que fez sua estréia nesta oferecendo suporte às transações e reforçou seu relacionamento com os clientes. "Mostramos as inovações num ambiente favorável, o que permitiu ao cliente analisar, comparar e fazer a melhor escolha", diz Fabris.
A Transporte Gaísa Ltda, sediada na cidade de Ponta Grossa, no Paraná, foi a vencedora do sorteio promovido pela Randon Divisão Implementos em parceria com a Associação Brasileira dos Distribuidores Randon (Abradir) e que integra a promoção de vendas Linha R na Fenatran. Participaram do sorteio, transmitido ao vivo pela Twitcam e autorizado pela Caixa Econômica Federal, todos os clientes que adquiriram cotas do Consórcio Nacional Randon durante o ano de 2011, inclusive no período da Fenatran. Foi graças também à promoção, a empresa atingiu a marca de R$ 19 milhões em vendas na feira.
 
Para o gerente executivo da Randon Consórcios, Augusto Letti, a promoção foi possível porque a Randon conta com uma rede de distribuidores focada e com clientes que acreditam na marca. O vice-presidente da Abradir, Fernando Scotti, atribui o sucesso da iniciativa à força de vendas que superou todas as metas estabelecidas. Para o gerente de marketing da Randon, Claude Padilha, com o sorteio a Randon teve mais um momento de comemoração para dividir com os clientes, depois de ter registrado a produção da unidade 320.000 em equipamentos ao longo dos seus 62 anos e ter alcançado a marca de 50.000 unidades exportadas para 70 países.
 
A Master recebeu várias homenagens na Fenatran 2011 pela passagem de seus 25 anos, ao mesmo tempo em que agradeceu seus clientes da área de montadoras pela confiança depositada na marca ao longo deste período. Foi a vez do presidente da Volvo, Torbjörn Holmström, juntamente com Victor Barreto e Dalton Abdalla receberem uma placa pela passagem da data. Estiveram presentes o diretor executivo - Divisão Autopeças, Alexandre Gazzi, juntamente com o diretor da Master, Esdânio Pereira, e, ainda, os diretores da Suspensys, Sérgio Onzi e Gelson Dalberto.
Primeiro banco brasileiro ligado a uma implementadora de produtos para transporte e logística, o Banco Randon fez sua estreia na Fenatran oferecendo financiamentos a bens de capital, notadamente reboques, semirreboques e produtos correlatos ao setor de transporte de cargas produzidos pela Randon. "Estamos trabalhando exclusivamente com a cadeia de negócios Randon que conhecemos profundamente", explica o diretor-superintendente, Joarez Piccinini, referindo-se aos clientes e distribuidores que utilizam o crédito para a aquisição de equipamentos e de peças de reposição.
Com dois anos de atividades, a Castertech Fundição e Tecnologia também está presente na Fenatran. A empresa trabalha no ritmo do mercado aquecido e deve chegar em dezembro com 100% de sua capacidade, que é de processar 2.500 ton/mês de peças de ferro fundido nodular.
28 OCT
Postado por:

FENATRAN - JOST

 
A JOST levou à Fenatran produtos inéditos no mercado brasileiro de sistemas de acoplamento, como é o caso dos sensores para quinta-roda, do suspensor pneumático com dispositivo de proteção e do dispositivo de lubrificação automática Lubetronic 5 Points, que agregam tecnologia de ponta aos equipamentos nacionais em operação. Para o gerente executivo da JOST, João Pedro Crespi, os lançamentos na feira consolidam ainda mais a liderança da empresa no mercado e aumentam a responsabilidade com a qualidade total dos produtos da marca, revertendo em ganhos para o mercado e para o clientes.
Páginas »
1

Buscar no Blog
Buttons/button_ok.jpg
O que são feeds?

Feed é um sistema também conhecido como RSS Feeds (RDF Site Summary ou Really Simple Syndication).

Os feeds RSS são listas de atualização de conteúdo de um site, escritos com especificações baseadas em XML. Servem para que os internautas possam acompanhar o conteúdo publicado em um site sempre que este for atualizado.

Como usar:

O visitante/usuário de um site inclui o link dos arquivos feed desse site em um programa ou site leitor de feeds e passa então a receber as atualizações do site cujo arquivos de feed está assinando. Hoje já existem sites que funcionam como agregadores de feeds, mostrando as atualizações no próprio navegador, dispensando a instalações de softwares específicos para a assinatura de feeds.

Você pode acessar o link dos feeds da seção de Categoria do Portal Randon aqui e inseri-lo no seu programa ou site leitor de feeds. Assim, você receberá o conteúdo da seção de notícias do portal sempre que ele for atualizado.

As últimas versões dos navegadores Internet Explorer e Firefox possuem leitor de feeds, o que permite a seus usuários utilizarem o próprio navegador para assinar feeds.

Softwares agregadores de feeds: FeedReader  |   FeedGhost  |   SharpReader

Sites que funcionando como agregadores de feeds: Bloglines  |   Blogtok  |   Google Reader  |   Netvibes

Arquivo